Theresa Catharina de Góes Campos

 

 

 
PENSAMENTOS: Os benefícios de uma boa conversa (e outros temas) - Theresa Catharina de Góes Campos


Médicos e psicólogos aconselham a socialização para uma Terceira Idade com qualidade de vida. Mas nem todos os idosos aceitam isso, preferindo o silêncio ou a comunicação exclusiva por meio do celular. Outras pessoas escolhem atividades como aulas de meditação, ioga ou jogar xadrez. Estou entre aqueles favoráveis ao exercício da sociabilidade, acreditando nos benefícios de uma boa conversa, que propicia troca de ideias, sugestões, intercâmbio e partilha.
Theresa Catharina de Góes Campos
----------

Aos 73 anos, posso afirmar: jamais conheci UMA pessoa de outra nacionalidade que desejasse morar nos seguintes países: Rússia, Cuba, Bolívia, Venezuela, Coreia do Norte, Nicarágua. Nem os esquerdistas declarados querem morar nesses países. No entanto, não para de crescer o número de indivíduos e famílias que escolhem ou sonham morar nos EUA e outras nações desenvolvidas, com eleições democráticas e livres. Isso me diz muita coisa.
Theresa Catharina de Góes Campos
----------

A convivência entre pessoas que têm ideias políticas diferentes exige a compreensão da realidade humana, sobretudo dos valores essenciais. Pensamos e agimos, há décadas, sem mentir sobre nossas posições e os princípios por nós defendidos, mas sempre valorizando nossos laços de amizade.
Theresa Catharina de Góes Campos
----------

Graduados desde bem pequenos em egoísmo, as crianças consumistas demonstram indiferença com os idosos, além de ignorância de princípios e atitudes da prática religiosa. Para os cristãos conscientes, essa situação lamentável não prenuncia um futuro humanista, de fé, esperança e solidariedade. Há exceções, sendo o mérito, então, de quem os educou.
Theresa Catharina de Góes Campos
----------

A rejeição dos outros tem alguns ótimos efeitos positivos: incentiva a reflexão sobre quem somos, o que fazemos, o que falamos. O melhor de tudo: a rejeição do próximo impede nossa acomodação. Nunca deverá, porém, nos afastar de nossos ideais e princípios ético-morais porque enfrentar rejeições vai nos ensinar a superar os obstáculos.
Theresa Catharina de Góes Campos
----------

Assim como está difícil vender livros, ofertar livros de presente e tal escolha ser apreciada não é nada fácil. Escritores se surpreendem com a ausência de comentários posteriores, indicando que houve uma leitura da obra. Todavia, os autores dos livros sabem que escrevem para os leitores em potencial. É preciso ter a coragem de continuar exercendo seu ofício, apesar da falta de incentivo.
Theresa Catharina de Góes Campos
----------

Quando a vida está em perigo, enxergamos o essencial porque tudo mais, que se vê como secundário, sai do cenário e todos os instrumentos para a continuidade do existir se destacam, brilham até na escuridão das sombras.
Theresa Catharina de Góes Campos
----------

Quem nos rejeita, quem a nós se opõe tem seu papel essencial em nossa vida. Escultores da resiliência almejada, os inimigos ou adversários de uma pessoa revelam, confirmam a formação do caráter que ela tem, seus defeitos, suas virtudes adquiridas ao longo dos acidentados caminhos trilhados.
Theresa Catharina de Góes Campos
----------

Mau humor e descortesia andam juntos, prejudicando qualquer ambiente, privado e público. Acordam zangados e, com sua arrogância, seguem pelo dia distribuindo sopapos com a indiferença de quem imagina o mundo girando à sua volta. Vão dormir furiosos. Gente emburrada sai de casa em pleno clima interior de azedume, disposta a envenenar os locais que frequentam. Se for possível - o mais cedo que puder -, o melhor é sair de perto, evitar essas pessoas sem respeito ao próximo, porque não se deve tentar com elas argumentar. Arrogantes, agem com agressividade verbal, sem considerar que não lhes pertencem todos os espaços. Merecem silêncio, orações e distância, com certeza. Incapazes de amistosidade, são como hienas, em uma amarga, espinhosa convivência humana.
Theresa Catharina de Góes Campos
----------

Excelente história verídica sobre a Alemanha nazista na Segunda Guerra Mundial, o filme alemão "OS INVISÍVEIS" narra, com realismo, suspense e solidariedade, os dramas pessoais e familiares dos protagonistas, emocionando por seu conteúdo humanista admirável.
Theresa Catharina de Góes Campos
----------

Perguntas impertinentes não merecem respostas. A não ser que nossa escolha seja responder com inteligência, devolvendo o questionamento descortês com uma lição de cortesia. É possível, sim, pense nisso, experimente. Analise, depois, os resultados.
Theresa Catharina de Góes Campos
----------

As pessoas que amamos são nossos frágeis tesouros, nossa riqueza maior. Dediquemos tempo e carinho a elas, enquanto
Deus nos permitir.
Theresa Catharina de Góes Campos
----------

Seguimos pela vida precisando, em todos os momentos, da luz de muitas estrelas e da proteção de anjos da guarda, emissários divinos, invisíveis mas sempre atentos e presentes.
Theresa Catharina de Góes Campos
----------


Theresa Catharina de Góes Campos
Brasília - DF, 2 de outubro de 2018
Dia dos Santos Anjos da Guarda

 

 

Jornalismo com ética e solidariedade.